Opções lúdicas e construtivas para passar tempo de qualidade em família

Ocupar o tempo de forma útil e divertida em tempos de reclusão preventiva, saindo do óbvio e desenvolvendo soft skills. É possível?

Eu digo que sim! Neste momento que vivemos, com a necessidade de isolamento e cuidados adicionais de saúde, há uma oportunidade que se abre para integrar a família e ocupar da melhor forma possível o tempo em casa.

Quem já ouviu falar de jogos de tabuleiro? Ou melhor, já jogou ou ouviu sobre War, Banco Imobiliário, Jogo da Vida, Imagem e Ação? Em algum momento das nossas vidas, esses títulos fizeram parte da nossa história de maneira direta ou indireta e são considerados as portas de entrada para os chamados jogos de tabuleiro modernos (board games).


Esses jogos vêm se tornando cada vez mais conhecidos, especialmente a partir da década de 1970, com o surgimento de criadores de jogos que passaram a explorar mais elementos de “estratégia” e menos dependência de “sorte” nas mecânicas dos board games. Com a expansão deste mercado, existem jogos para diferentes estilos, gostos pessoais e com muitos diferenciais. Dentre os que destaco de forma geral, estão a possibilidade de desenvolvimento cognitivo e social e a redução do isolamento e solidão entre as pessoas. Eles também são usados no mundo corporativo para processos de avaliação e teste de capacidades. Ao contrário dos recursos digitais, como o smartphone, os jogos de tabuleiro permitem a diversão off-line, ou seja, resgatam aqueles valores de fazer as coisas “olho no olho”, conectando as pessoas presencialmente.


Diante de todas as precauções inerentes ao corona vírus, neste momento em que é necessário focar em atividades em casa, indico cinco jogos de tabuleiro ou card games (jogos de cartas), com potencial para ocupar o seu tempo e da sua família de forma útil e divertida. Lembro que este top 5 está baseado nas minhas experiências, portanto, o elemento de diversão pode variar para cada perfil de grupo.


1 – Dobble

Jogo recomendado para até 8 jogadores. É competitivo (um joga contra o outro) e o seu objetivo é identificar as figuras semelhantes entre as cartas. Neste jogo é possível exercitar habilidades como: reflexo, dinamismo e observação. Existem 5 formas de jogar, portanto, é possível adaptar essas versões para inovar em cada rodada ou aumentar o grau de dificuldade. Dobble é muito aplicável para o público infantil e adulto e possui várias formas de jogar e versões, incluindo a edição lançada em 2019 com tema “Harry Potter” (adoradores de plantão da saga vão amar, com certeza!).


2 – Dixit

Na versão base desse jogo, é possível garantir uma jogatina de 3 a 6 pessoas. Com a expansão Odyssey, é possível jogar até 12 pessoas. Ele é considerado um dos queridinhos dos jogos de tabuleiro modernos, pois permite abstração e trabalha o senso dedutivo para adivinhar a carta correta da rodada. A partir de dicas que podem ser palavras, frases, letras de músicas, enfim, o que o grupo acordar como regra, cada jogador deve votar em qual das cartas abertas na mesa é a da vez. Dixit é um jogo competitivo e você representa uma cor de coelho que deverá ganhar a corrida, acertando as cartas e somando pontos. Na linha dos party games(jogos de entrada), Dixit é, sem dúvidas, um dos queridinhos da lista!


3 – Mysterium

Se você curte investigação policial e resolução de crimes, eis que esse é o jogo certo para você. Se você está em casa com um grupo de 5 a 7 pessoas, super recomendo essa jogatina! De forma bem resumida, um dos jogadores é o fantasma, cuja alma está aprisionada em um casarão. Os demais jogadores compõem um grupo de médiuns convidado para auxiliar a desvendar a identidade do assassino, o local da mansão e a arma utilizada no crime, para assim libertar a alma desse fantasma. Mysterium é um jogo cooperativo, que desafia sua turma a utilizar dedução, atenção e raciocínio para o êxito do objetivo. Além de gostoso de jogar, ele deixará sua mesa imponente com seus componentes de cenário, pois são lindíssimos!


4 – Só Uma

Na mesma pegada de jogos cooperativos, também chamados de colaborativos, o Só Uma é uma opção divertida! Nela, um dos jogadores tem a vez de escolher um número que vai representar uma palavra. Todos os demais participantes saberão a palavra escolhida por ele e deverão escrever as dicas para que ele acerte a palavra. Só que nem tudo é tão fácil, não é mesmo? O Só Uma exige que você use apenas uma palavra para as dicas e ninguém pode ser óbvio demais, pois se houver dicas repetidas, elas são anuladas, dificultando o trabalho de adivinhação do colega. Este jogo contempla de 3 a 7 jogadores e recomendo uma jogatina com pelo menos 5 pessoas para uma melhor experiência!


5 – Bandido

Nele, os jogadores precisam encaixar as cartas (que formam túneis) e encurralar um bandido espertinho que tenta fugir da prisão. Esse jogo é tão prático que também pode ser jogado sozinho ou em até 4 pessoas. Ele também tem uma pegada colaborativa e exige acordos prévios de comunicação entre os jogadores para que o objetivo seja atendido.

O mundo dos board games é muito vasto e vem crescendo. A maior essência deles é permitir que, em um ambiente controlado, você interaja com outras pessoas e exercite diversas habilidades de maneira lúdica e muito divertida. É a maior entrega de valor que eu vejo dessa modalidade de jogos. Se você gostou da ideia e ficou com vontade de aprofundar informações, lá vão as três últimas dicas!


Dica #1: Acesso aos jogos de tabuleiro.

Para acessar os jogos em si, busque em sua cidade por lojas de jogos de tabuleiro ou ludotecas. Atualmente existem estabelecimentos físicos que vendem e até alugam jogos de tabuleiro para que você se divirta em casa. Portanto, em tempos de quarentena, procure em sua cidade alguma dessas opções ou tente empréstimo com algum conhecido. Também existem lojas online para compra e entrega à domicílio. Para verificar se vale a pena o investimento, confira as próximas dicas! Garanto que se você gostar de experiência, os jogos de tabuleiro tendem a virar um hobby frequente em sua casa!


Dica #2: Leitura sobre o tema

O website do Ludopedia, uma rede social específica dos mundos dos jogos de tabuleiro, possui uma base de informações completa. Lá você encontra um acervo atualizado de jogos, canais, podcasts, enquetes, fóruns, enfim, muitas informações para você acessar. Além disso, você pode buscar os títulos do top 5 deste artigo e conferir mais detalhes como fotos, vídeos, manual, entre outros. Link de acesso: www.ludopedia.com.br.


Dica #3: Vídeos sobre o tema

E fica aqui o convite para conferir no YouTube o canal Qual é o Jogo. Lá você encontra vídeos sobre jogos de tabuleiro e o melhor: são apresentados gameplays, ou seja, o jogo jogado, com as regras explicadas. Assim, você já entende a essência da jogatina e economiza mais tempo de consulta ao manual para complementar informações. Todo sábado é divulgado um conteúdo novo, portanto, inscreva-se no YouTube e no Instagram para saber das novidades (link para Youtube: http://www.youtube.com/c/qualeojogo/ Insta: @qeojogo). Dos top 5 mencionados, o Dixit, Só Uma e Mysterium têm conteúdo gravado por lá. Acesse e confira!


Escrito por Iêda Brasil

Adepta dos jogos de tabuleiro modernos como hobby, gerente de projetos nas áreas de tecnologia e sustentabilidade e integrante da rede Elas Projetam. Atualmente, está sócia-diretora do Qual é o Jogo, um canal do YouTube idealizado para divulgar o mundo dos board games. Iêda acredita que os jogos de tabuleiro têm potencial para aproximar as pessoas, baseada em suas experiências de monitoria e aplicação dos jogos em ambientes de aprendizado e lazer.

0 visualização
Trend Academy

Programa de capacitação para desenvolvimento contínuo e formação de profissionais de impacto

Grupo no WhatsApp

Junte-se a mais de 500 mulheres e faça parte de uma rede de apoio e desenvolvimento

Elas no Palco

Complete seu cadastro para que possamos te indicar a oportunidades de protagonismo.

  • YouTube - Black Circle
  • LinkedIn - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle

©2018 by Elas Projetam. Proudly created with Wix.com